fbpx
282 visualizações

Como falar línguas (ou não) diferentes, pode afectar a sua empregabilidade no estrangeiro – em 5 casos

282 visualizações
Como falar línguas (ou não) diferentes, pode afectar a sua empregabilidade no estrangeiro – em 5 casos

Está à procura de trabalho no estrangeiro mas não fala inglês? Verifique as diferentes opções que existem e como o domínio de idiomas pode ajudar a encontrar um trabalho no estrangeiro

As hipóteses de encontrar um trabalho no estrangeiro dependem principalmente de quais os idiomas que domina. A maior parte das entidades empregadoras requer pessoas que falam inglês mas as comunidades internacionais em países como a Alemanha e a Holanda estão a mudar e os requisitos para falar idiomas também. Estes são 5 casos diferentes onde falar ou não idiomas pode afectar a sua empregabilidade no estrangeiro.

1. Trabalhar no estrangeiro utilizando o inglês.

Se fala inglês como uma segunda língua, existem várias opções para quem procura trabalho no estrangeiro. Não precisa necessariamente de falar inglês fluentemente, apenas o básico do idioma vai ajudar na procura de um trabalho no estrangeiro. Saber falar inglês pode ajudá-lo a conseguir um trabalho dependendo do país onde quer trabalhar.

Países que falam inglês:

Os países onde se fala inglês, incluindo a Inglaterra e Irlanda são atrativos para aqueles que falam inglês como 2º idioma. Especialmente se tem certas qualificações e gostaria de fazer uma carreira sem aprender outro idioma.

Holanda; Bélgica e Países Escandinavos:

Se considera trabalhar no estrangeiros em países como; Holanda, Bélgica ou nos Países Escandinavos, existe maior probabilidade de conseguir um trabalho quando consegue falar línguas e tem o inglês como 2º idioma. Na Holanda, 90% dos locais falam inglês. 86% dos Suecos falam inglês. Na Bélgica, a percentagem de pessoas que falam inglês é só de 60% mas existem muitos emigrantes a trabalhar em fábricas e em armazéns e por isso o inglês pode ser suficiente na Bélgica.

1. Trabalhar no estrangeiro utilizando o inglês.

As oportunidades de conseguir trabalho na Holanda são maiores para aqueles falam inglês e procuram um trabalho temporário no estrangeiro sem ter objetivos específicos de carreira no momento. Se gostaria de construir uma carreira na Holanda ou num dos Países Escandinavos é aconselhável aprender o idioma local.

Países que falam alemão:

Se procura trabalho na Alemanha, Áustria ou Suíça encontrar um trabalho apenas com a língua inglesa torna-se difícil. Na Alemanha, apenas 56% dos locais falam inglês. Falar alemão nestes países vai ajudar a encontrar um trabalho.

Países que falam alemão:

2. Opções de trabalho sem falar inglês

Muitas pessoas que estão à procura de trabalho no estrangeiro não falam inglês ou não conseguem falar outras línguas.

As suas oportunidades no estrangeiro dependem de quantas pessoas da mesma nacionalidade estão a trabalhar na empresa estrangeira. Na Inglaterra, Irlanda e Holanda existem grandes empresas de produção com várias pessoas portuguesas a trabalhar. Esta situação permite à empresa que as pessoas falem no mesmo idioma e o inglês torna-se secundário.

Outra situação onde falar línguas não é requerido é quando vai viajar enquanto casal, por exemplo, quando um companheiro/amigo ou um membro da família fala um idioma. Quando um dos dois fala o idioma, o outro pode ser intérprete no que trata a instruções de trabalho. No caso em que esteja a planear ir como casal, onde um fala o idioma e o outro não, pode esperar trabalhar na área da produção ou em construção.

As opções de trabalho aumentam se fala pelo menos o inglês básico. Não apenas no trabalho mas também no seu tempo livre, é uma grande vantagem falar um pouco de inglês.

Como o inglês começou a fazer parte do nosso dia-a-dias através dos filmes, televisão programas e na internet, não deve ser difícil aprender o básico da língua inglesa. Existe várias escolas onde podes aprender inglês em Portugal. Outra forma de aprender inglês, livre de custos é a utilização do idioma nos canais do Youtube.

3. Conseguir um trabalho através do domínio do idioma local

Falar o idioma local permite encontrar várias oportunidades quando está à procura de trabalho no estrangeiro.Especialmente para aqueles que procuram construir uma carreira no estrangeiro. As oportunidades dependem do domínio do idioma do país e do sector para o qual vai trabalhar.

País e sector:

Quando procura trabalho na Alemanha, Áustria ou Suíça, falar alemão básico será o suficiente para conseguir um trabalho em armazéns, fábricas, serviços ou na construção. No caso de estar à procura de trabalhos mais qualificados, é recomendado que melhore do domínio da língua alemã. O mesmo se aplica com o inglês em Inglaterra e Irlanda.

Na Holanda, Bélgica e Países Escandinavos não é necessário aprender o idioma local quando vai trabalhar temporariamente no estrangeiro. O inglês será o suficiente nestes países.

Construir uma vida e uma carreira no estrangeiro:

No caso do domínio do idioma local, na maioria dos locais estará a competir com as pessoas locais e serão as suas competências e experiência que importam, mais do que o idioma que fala. Desta forma, se planeia construir uma carreira no estrangeiro recomendamos que aprenda o idioma local.

Como aprender o idioma local?

Requer bastante dedicação aprender o idioma local em detrimento do inglês. Questione a sua empresa no estrangeiro se podem oferecer um curso do idioma. Uma outra boa forma de aprender o idioma é utilizar as lições/aulas que existem no Youtube. É livre de custos e permite planear as lições e aulas a qualquer altura.

3. Conseguir um trabalho através do domínio do idioma local

4. Trabalhar em diferentes países utilizando a língua russa

Na Alemanha, existe uma grande comunidade russa. Devido a isso, algumas empresas de produção alemãs permitem que pessoas que falam apenas russo como língua estrangeira trabalhem nestas empresas . Estes são apenas casos excepcionais e, portanto, não espere encontrar trabalho na Alemanha com facilidade, falando apenas russo. Noutros países europeus, as competências linguísticas russas podem ser suficientes se houver um grande grupo de trabalhadores migrantes, por exemplo da Letónia ou da Lituânia, a trabalhar lá. Principalmente a geração mais antiga de letões e lituanos pode comunicar entre sí em russo e, portanto, há uma oportunidade para conseguir trabalho falando apenas russo.

5. Trabalhar no estrangeiro utilizando a língua polaca

Como há mais de 2,3 milhões de polacos a trabalhar em diferentes países, há grandes hipóteses de trabalhar com polacos. Não há muitas pessoas além dos polacos que falam polaco, mas algumas pessoas com bastante experiência a trabalhar com colegas polacos conseguem aprender a língua. Se você falar polaco básico, informe o seu recrutador, isso vai ajudá-lo a conseguir um trabalho, por exemplo, na Holanda, no Reino Unido e na Irlanda.

Resumo

Falar diferentes línguas estrangeiras vai aumentar as suas hipóteses de encontrar um trabalho. Na maioria dos países falar inglês é o suficiente para conseguir um trabalho.

Na Alemanha, no entanto, é mais difícil encontrar um trabalho onde seja pedido o inglês porque, comparando com as pessoas na Holandas e nos Países Escandinavos, são poucas as pessoas que falam inglês na Alemanha. Falar alemão vai ajudar a encontrar trabalho com facilidade pois as taxas de desemprego na Alemanha são baixas.

Caso você não fale inglês, procure empregadores com experiência a trabalhar com portugueses e onde mais portugueses estejam a trabalhar. Isto permite que você obtenha instruções de trabalho no seu próprio idioma. Outra forma de encontrar um trabalho quando você não fala inglês é ir juntamente com alguém que fale inglês.

No caso de estar à procura de um trabalho a longo-prazo no estrangeiro e se gostaria de construir uma vida e carreira, experimente falar com as pessoas locais e aprenda o idioma. Desta forma conseguirá competir igualmente com os locais no mercado de trabalho.

Falar russo ou polaco pode ajudá-lo a conseguir trabalho no estrangeiro, pois estas línguas estão bem representadas em vários países na UE.

Perguntas frequentes em falar idiomas estrangeiros

Eu não falo línguas estrangeiras. Existem trabalhos onde o inglês não seja necessário?

Sim, embora as hipóteses de conseguir um trabalho sejam maiores quando fala inglês. No entanto existem situações e trabalhos onde o domínio do inglês não é exigido. trabalhos em fábricas nem sempre requerem o inglês. Ir com alguém que fale inglês vai aumentar as hipóteses de conseguir um trabalho quando não fala inglês.

28.06.2019

Poderia ser considerado para trabalhar no estrangeiro?

  • és fisicamente saudável
  • motivado
  • motivado para trabalhar e viver com pessoas de países diferentes
  • motivado em ganhar pelo menos 1750 euros por mês

Ótimo, a Qbis pode ajudá-lo a encontrar um trabalho no estrangeiro

Consiga uma oferta de trabalho

Requerer mais informação sobre trabalhar no estrangeiro

Consiga informação personalizada da Qbis